Cultura Netflix

Descobertas na Netflix: Rumspringa e a vida fora da bolha

setembro 26, 2022Cacau dos Santos


Hoje eu vou sair um pouco da pauta racial e falar de um filme que caiu de paraquedas na minha lista e eu o achei tão bonitinho e interessante que tive de vir até aqui para compartilhar essa descoberta.

O filme em questão é "Rumspringa: Um Amish em Berlim", produção alemã que conta a história de um jovem amish que vai a Berlim para encontrar suas raízes alemãs e explorar outros modos de vida, mas acaba se apaixonando e criando amizades inesperadas e precisa tomar uma grande decisão.

Antes de mais nada, vamos a uma rápida explicação: 
. Amish é um grupo religioso cristão anabatista e eles são conhecidos por seus costumes conservadores, como o uso restrito de equipamentos eletrônicos, inclusive telefones e automóveis. E os amish preferem viver afastados do restante da sociedade. Eles não prestam serviços militares, não pagam a Segurança Social e não aceitam qualquer forma de assistência do governo. 
. Rumspringa significa algo como “correndo por aí” e esse é um período importantíssimo dentro da cultura amish. Chegando à idade adulta, o rapaz amish pode sair de sua comunidade para "conhecer o mundo". Ou seja: fazer coisas normais, como andar de carro, tomar cerveja e ter uma experiência sexual. Caso ele goste do novo universo, não precisa voltar para o seu povo ultrarreligioso e conservador.

E é aqui que começa a história do filme que logo de cara já desperta nossa curiosidade. Jacob (Jonas Holdenrieder), o amish em questão, mora com sua família na Pensilvânia, mas decide cumprir seu rumspringa em Berlim e buscar sua gênese europeia e completar a árvore genealógica que fica registrada na Bíblia de sua família. E ao chegar no seu destino, na saída do aeroporto ele tem seu saco de roupas e documentos levados por engano por uma bela e jovem artista plástica. Sem ter para onde ir, Jacob começa a vagar pelas ruas e é aí que ele avista o excêntrico Alf (Timur Bartels), um universitário em crise existencial. De cara Jacob simpatiza com Alf por conta de suas vestimentas, que lembram muito as suas! E por sua vez Alf fica com pena de Jacob e o acolhe em seu apartamento, o qual divide com Bo (Rauand Taleb), seu roommate bitolado. 

Logo o trio se conecta e cria uma amizade mas é Alf quem mais se aproxima de Jacob e começa a lhe mostrar o mundo e suas nuances. E não demora muito para que Jacob reencontre Ina (Gizem Emre), a moça do aeroporto que acidentalmente ficou com sua sacola de roupas e documentos. Ina é a cereja do bolo de descobertas de Jacob e como era de se esperar, eles iniciam uma relação. E tinha tudo para ser algo bem clichê mas a forma delicada e compreensiva que Ina trata Jacob é acolhedora. E Jacob fica tão encantado que se permite mergulhar no universo artístico e feminista de Ina.

E o que era para ser um grande deboche, se torna uma deliciosa descoberta para todos. O amish, apesar de ser chamado de forma pejorativa pelos novos amigos, é tratado com carinho e respeito. E mesmo tendo sua fé e suas crenças, aos poucos ele percebe os prazeres simples da vida como tomar um porre numa festa, dirigir um carro e até mesmo utilizar um lavabo com privada! Mas o principal é que Jacob aceita tudo de mente aberta, sem julgar ou querer impor a sua verdade. O que faz com que o personagem, mesmo bobinho, seja extremamente cativante.

Jacob parece aquela criança doce que está saindo da infância e entrando na adolescência, mas faz a transição sem medo e sem abrir mão de sua essência. Ao mesmo tempo em que ele causa uma transformação em Alf, que já estava tão seguro de suas indecisões mas agora se vê disposto a dar um rumo em sua vida acadêmica e sentimental.


Concluindo: a gente acaba mais interessado na amizade entre Jacob e Alf do que na história de amor entre o amish e Ina. E mesmo ingênuo, Jacob se mostra tão sábio quanto os demais. É uma dramédia leve, bem Sessão da Tarde e que vale o play.


Rumspringa: Um Amish em Berlim (2021)
Título original: Rumspringa – Ein Amish in Berlin
Direção: Mira Thiel
Elenco: Jonas Holdenrieder, Timur Bartels, Gizem Emre, Rauand Taleb e Tijan Marei.
Merece quantas barrinhas de chocolate? 🍫🍫🍫 

{FILME}


RELACIONADAS

0 comments

Cacau dos Santos

©2015-2022 - Todos os direitos reservados.
As imagens de filmes, séries, gifs e etc que você vê nesse blog, são de marcas registradas dos seus respectivos proprietários.

Sobre a série

Projeto com conteúdo 100% autoral, baseados em situações que ocorreram em minha vida. Alguns personagens são fictícios, outros tiveram seus nomes e características físicas alterados para preservar a identidade real dos envolvidos.

Formulário de contato